Entrevista a Manuel Empis de Lucena, Associação Coração Amarelo